Sada's Blog – ब्लॉग

Soul's expressions – आत्मा भाव

Tens cantado a tua canção? December 16, 2012

Filed under: Inspirações,Música,Meditação,Mestres,Osho,Spirituality — Sada @ 3:27 pm

beatles psi 2

“Se seu coração não canta e dança, você não está vivendo de fato, está apenas se arrastando – cumprindo certos deveres, passando por certos rituais, controlando e mantendo uma fachada.

Mas no fundo há um vazio e uma grande agitação, porque você sabe, na parte mais íntima do coração, que a vida ainda não se realizou, que você ainda não conseguiu cantar sua canção.

Todas as pessoas nascem com uma canção, uma canção própria, e, a menos que a cantem, a vida delas não se realiza. 

Olhe uma árvore quando floresce e você verá em torno dela um grande contentamento e um grande júbilo.

Ela está dançando porque chegou em casa, cumpriu a tarefa que lhe foi confiada. Não está mais vazia, está transbordando.

As flores só surgem quando a árvore transborda, e as canções também só aparecem quando a pessoa transborda.”

Osho

 

Em busca de mais … – और अधिक के लिए देख रहे हैं August 23, 2012

Filed under: Inspirações,Música,Mestres,Poesia,Spirituality — Sada @ 5:21 pm

Solidão,

o silêncio das estrelas,

a ilusão

Eu pensei que tinha o mundo

em minhas mãos

Como um deus

e amanheço mortal.

E assim,

repetindo os mesmos erros,

dói em mim
Ver que toda essa procura não tem fim

E o que é que eu procuro afinal?

 

Um sinal,

uma porta pro infinito,

o irreal

O que não pode ser dito,

afinal

Ser um homem em busca de

mais,

de mais…

Afinal,

como estrelas que brilham em paz,

em paz …

 

Lenine

* Letra da música “O Silêncio das Estrelas” :

http://www.youtube.com/watch?v=bIxJNISqwmA

 

Viva leve!!! June 29, 2011

“Esta existência é uma grande brincadeira!”

“É preciso aprender a brincadeira, a alegria, o senso de humor.
É preciso aprender como curtir as pequenas coisas da vida.
Não há grandes coisas na vida.  A vida consiste em coisas pequenas.
Mas, se você sabe curtir elas, você as transforma em coisas grandes.”

“A menos que haja música no ser de uma pessoa, a menos que ela comece a viver como se a vida fosse uma dança, a menos que ela celebre a existência, não há possibilidade de conhecer o divino, porque o divino é o supremo crescendo da dança, da canção, da celebração.

O divino não é para as pessoas tristes, é para aquelas que são capazes de amar e de rir.

Esta existência é uma grande brincadeira, não a leve a sério. Viva-a com uma canção no coração, agradeça por ela com alegria.

Ande pelo mundo com leveza e com riso no coração.

Então, de repente, toda a existência começa a se converter numa experiência divina. O mundano se torna sagrado, o ordinário se torna extraordinário.”

 

 

 

Osho

 

Doce Sabor … April 5, 2011

Filed under: Inspirações,Love,Música,Poesia,Sada — Sada @ 7:03 pm

   

“Inspiração!

 

 Doce Sabor!

 

  Brilho … Leveza … Frescor …

 

Frutos do calor  

de uma ardente,

 intensa,

                                                        pura & bela paixão!

 

 Tesão!

    

Divina Flor, 

Rosa vermelha,

Presente de tí,

do Universo,

 

Conexão!

 

E você, meu amor …

meu Mago inspirador;

 Simplesmente,

me encantou!

 

 

Palavras mágicas, as que consagrou,

as que viéram de tí,

da boca que me beijou.

Profundamente,

me tocou!

 

O mundo parou!

Silenciou meu coração!

 

Como assim?

Tua questão,

 Como um Raga, Um Koan,

Ressoou em mim.

 

Como assim?

Flecha certeira,

Sonora e musicada,

Perfeitamente entoada, Como um Mantra,

Yantra de amor, de paz e libertação!

 

E eu a respirar, nesta energia,

Tua arte, teu toque, teu beijo,

tua questão …

Tua nota, teu som,

tua magia …

 E eis que, subitamente,

sem avisar,

Me conquistou!

 

E esteve a vibrar, no silêncio de mim,

Como um rastro, um raio, um imã;

Misteriosamente fluindo,

E me conduzindo em tua direção.

 

Divina união!

 

Entrego-me!

 

É meu sentir me levando a ti … 

E … Pra quê resistir?

Se, a cada noite,

A cada dia,

Mais e mais, Sem qualquer hesitação,

Sinto-me fundir a tí,

Em perfeita harmonia,

 

Pura Sintonia!

 

Num acorde de amor, de entrega & gratidão,

Nesta flor, cuja cor transborda,

 invade,

e colore o espaço,

Em celebração.

 

 

Divina canção,

esta que nos guia,

nos envolve,

nos une

que nos faz UM

Afinando teu pulso ao meu Ser,

Me embalando,

&

Musicando meu viver,

momento a momento,

a cada batida de meu coração!” 

 

 

Ao meu amado Mago inspirador,

Com gratidão & muito amor,

 

Sada

 

– “Let it be” – The Beatles September 28, 2010

Filed under: Inspirações,Música,Mestres,Poesia — Sada @ 7:34 pm

“Let it be” (“Deixe Ser”)

 

When I find myself in times of trouble

Mother Mary comes to me

Speaking words of wisdom, let it be.

Quando eu me encontro em tempos difíceis

Mãe Maria vem pra mim

Falando palavras de sabedoria, deixe ser

And in my hour of darkness

She is standing right in front of me

Speaking words of wisdom, let it be.

E nas minhas horas de escuridão

Ela está em pé bem na minha frente

Falando palavras de sabedoria, deixe ser.

Let it be, let it be.

Let it be, let it be.

Whisper words of wisdom, let it be.

Sussurrando palavras de sabedoria, deixe ser.

And when the broken hearted people

Living in the world agree,

There will be an answer, let it be.

E quando as pessoas de coração partido

Morando no mundo concordarem,

Haverá uma resposta, deixe ser.

For though they may be parted there is

Still a chance that they will see

There will be an answer, let it be.

Pois embora possam estar separados há

Ainda uma chance que eles verão

Haverá uma resposta, deixe ser.

Let it be, let it be. Deixe ser.

Let it be, let it be. Deixe ser.

There will be an answer, let it be.

Haverá uma resposta, deixe ser.

Let it be, let it be.

Let it be, let it be.

Whisper words of wisdom, let it be.

Sussurrando palavras de sabedoria, deixe ser.

Let it be, let it be.

Let it be, let it be.

There will be an answer, let it be.

Haverá uma resposta, deixe ser.

… And when the night is cloudy,

There is still a light that shines on me,

Shine on until tomorrow, let it be.

E quando a noite está nublada,

Há ainda uma luz que brilha em mim,

Brilha até a manhã, deixe ser.

I wake up to the sound of music

Mother Mary comes to me

There will be no sorrow, let it be.

Eu acordo ao som da música

Mãe Maria vem para mim

Não haverá tristeza, deixe ser.

Let it be, let it be. Deixe ser

Let it be, let it be. Deixe ser

There will be no sorrow, let it be.

Não haverá tristeza, deixe ser.

Let it be, let it be,

Let it be, let it be.

Whisper words of wisdom, let it be.

Sussurrando palavras de sabedoria, deixe ser.


___________________________________________________________________________

* “Let it be!” :  palavras e acordes que tocam fundo em meu coração!


… Compartilhando …


Sada Abhikama

 

– “The End” (Doors) September 19, 2010

Filed under: Inspirações,Música,Poesia — Sada @ 6:33 am

“This is the end

Beautiful friend

This is the end

My only friend, the end

Of our elaborate plans, the end

Of everything that stands, the end

No safety or surprise, the end

I’ll never look into your eyes…again

Can you picture what will be

So limitless and free

Desperately in need…of some…stranger’s hand

In a…desperate land ? … ”

 


The Doors

 

– “Mensagem de George, Sweet George!” July 12, 2010

Filed under: Inspirações,Música,Mestres,Poesia — Sada @ 1:53 am

 

“Nós falávamos

 sobre o espaço entre nós

e as pessoas 

que se escondem atrás de uma parede de ilusão

e nunca vislumbram a verdade

E quando já é tarde demais

elas morrem

 

Nós falávamos sobre o amor

que poderíamos compartilhar

Quando o encontrarmos

Tentaremos de tudo para mantê-lo

 

Com nosso amor

Ah, com nosso amor

Poderíamos salvar o mundo

Se eles soubessem…

 

Tente perceber que tudo está em você

Ninguém mais o fará mudar

E tente ver o quão verdadeiramente minúsculo você é

E que a vida flui

com ou sem você

 

Nós falávamos sobre o amor que tão frio se tornou

E as pessoas

que ganham o mundo e perdem suas almas

Eles não sabem

Eles não veem…

Você é um deles?

 

Quando puder ver além de si

Então poderá encontrar a paz mental que o espera

E a hora chegará quando você perceber que todos somos um

E que a vida flui

com ou sem você.”

 

* Tradução da letra da música “Within You, Without You”,  composta por George Harrisson